RETOMADA DA ECONOMIA, INADIMPLÊNCIA E COMO AS ASSESSORIAS DE COBRANÇA PODEM CONTRIBUIR NA RECUPERAÇÃO DE CRÉDITO DOS BRASILEIROS

20/8/2020
09:47

O segundo semestre de 2020 começa a trazer os primeiros resultados efetivos da retomada da economia nacional, a partir da reabertura do comércio em paralelo ao maior controle da pandemia de COVID-19 nas cinco regiões do País. Além dos dados atuais é interessante perceber as previsões que os dados permitem vislumbrar. Estas são fundamentais para que cada empresa possa estar alinhada ao ritmo do mercado para, assim, estabelecer as próprias estratégias de retomada dos seus próprios fluxos de caixa.

 

Lembramos de abril, o mês mais afetado pela pandemia onde o nosso PIB sofreu uma queda histórica de 9,45%, o pior resultado desde o início da série histórica, em 2003. Com este resultado era esperado o pior, literalmente. Em maio, não conseguimos recuperar o prejuízo, mas conseguimos progredir bem. O mês fechou com alta de 1,3%, um resultado não comemorável, mas também não negativo. Qual a lição que fica? Nosso país passou por uma grande instabilidade notória a todos, passa por prejuízos econômicos graves, mas tem potencial de recuperar esse crédito. É nesse ponto que entra em cena as assessorias de cobrança e recuperação de crédito que possuem papel fundamental nessa retomada da economia.

 

O brasileiro mais do que nunca vai precisar de crédito e investimento para restabelecer a saúde financeira dos seus pequenos e médios negócios, de onde vem a maior parte da nossa riqueza. Pessoas precisam de créditos mas ao mesmo tempo estão devendo. Em teoria essa conta não bate, mas graças aos avanços de tecnologia em estudo do comportamento de mercado e as estratégias de negociação e facilitação do pagamento podem sim contornar essa conta ainda complexa.

 

As plataformas de cobrança, por exemplo, apoiam os credores a obter mais controle e informações sobre os inadimplentes, permitindo melhores resultados na negociação de acordos. Em contrapartida, o acesso do devedor ou inadimplente às flexibilizações de suas dívida se torna muito mais fácil, expandindo a formas de pagamento. Quem antes precisava se deslocar a bancos ou lotéricas com boleto em punhos hoje com um link enviado via SMS, e-mail ou WhatsApp pode acessar um portal virtual com possibilidade de quitação via cartão de débito, crédito, parcelamentos, débito em conta e até mesmo negociações em tempo real.

 

A realidade é que muitas empresas ainda pensam que investir em cobrança digital significa orçar grandes operações, com um investimento de alto custo e retorno a médio ou longo prazo. Quando na verdade, o que realmente está acessível a realidade do mundo e do mercado atual está mais próximo do que ele imagina, com soluções que muitas vezes dependem de uma equipe mínima, porém especializada e com potencial de retorno até mesmo em curto prazo.

 

Se uma empresa possui carteira de devedores e/ou inadimplentes e ainda executa uma cobrança apenas em faixas altas de atraso, sem ações preventivas e sem um contato digital e além disso deseja recuperar os prejuízos do primeiro semestre de 2020, é o mesmo mais que preciso para se buscar logo suas soluções em cobrança digital.


A Meireles e Freitas é especialista em cobrança digital, com mais de 40 anos de atuação no mercado de recuperação de recebíveis, e possui diversas ferramentas digitais que trabalham sincronizadas trazendo resultados acima da média de mercado. Atuando em frentes de mercados diversos (utilities, saúde, educação, varejo, bancos e outros), sua expertise está na personalização da cobrança desde a prevenção até a cobrança extrajudicial.  Para saber mais, entre em contato através do (85) 99778.0071 ou via WhatsApp clicando aqui.